Pirataria: A solução encontrada para o conforto dos brasileiros -Parte final


O mercado de games brasileiro nunca esteve tão forte em vários sentidos como hoje. Jogos lançados exclusivamente por aqui, jogos dublados e com legendas oficiais em português do Brasil sendo lançados e produtoras nacionais fazendo vários jogos. Há movimentações no mundo “genérico” a pirataria está presente em diversas plataformas: PC, PSP,Wii, Plyastation 2 que o mercado ainda é forte no Brasil, Xbox e agora mesmo para alguns o Playstation 3. Em qualquer capital e principais cidades brasileiras existem os shoppinhos de pirataria. Vendem de tudo jogos, controles, cabos, placa de vídeo e consoles. Obviamente todos esses produtos são vendidos com o valor menor de mercado, já que a maioria não paga pelos impostos e os jogos são pirateados.

Site e mais sites de venda de produtos para gamers aparecem todas as semanas. Isso é ótimo para nós consumidores, a concorrência faz com que vários produtos tenham seus valores em promoções. E informações como essa demostram que o mercado dos games é rentável e que todo investidor com faro para os negócios anda investindo na venda de games e acessórios. E nós que jogamos e somos os principais interessados no que acontece deveríamos participar mais ativamente de algumas campanhas como a do Jogo Justo para a redução dos impostos sobre games.

A pirataria gera milhares de empregos por todo nosso país, são milhões de pessoas envolvidas no processo: vendedores, atravessadores, camelôs, transportadores e muitos outros que vivem de compra e venda de produtos pirateados em vários segmentos. Mas veja que mesmo a pirataria sendo um mercado amplo, o mercado formal que é dos games originais nunca marcou presença tão ativa como nessa nova geração de consoles (vide PS2/PS1 99% eram pirateados). Mesmo a pirataria oferecendo valores muito melhores, a qualidade ainda é essencial para muitas pessoas. O trunfo das grandes empresas foi à tendência online do mundo dos games. Através das conexões e login de usuários, foi possível controlar em certa parte o acesso para consoles destravados. Algumas empresas estão banindo usuários com esse tipo de equipamento.

Mesmo em passos curto e com valores absurdos os produtos gamers originais continuam em expansão em nosso país. Reclama-se muito dos valores dos impostos, mas todos continuam jogando original ou pirateado. Se as grandes empresas ( Sony, Microsoft e Nintendo ) unissem para redução dos impostos e incentivo fiscal para fabricação em território nacional, a pirataria estaria anulada. Como isso não ocorre, veremos até quando jogar online mantém jogadores com produtos originais, ou até quando os hackers não descobrirem mais uma maneira de burlar os sistemas dos consoles.


Nota do Dude: Eu cansei de pirataria. Cansei de ser enganado e burlado. Cansei da falta de qualidade de atendimento dos Ching Ling. Cansei de falar se o chip destravamento é esse ou aquele. Cansei de garantia de 3 meses. Cansei de ter 500 jogos de R$10,00 e não ter 25 vidas para jogar todos. Cansado de ouvir pessoas dizendo que não são milionárias para comprarem jogos de R$200,00, compra quem quer e quem pode, se não pode usa pirata, mas lembre-se que o original é muito melhor e ainda tem garantia! Chega, estou farto de produtos piratas! Meu Pro Evolution Soccer 2011 após 7 dias de uso, vacilei e consegui trincar o CD. Entrei em contato com a Konami que em apenas 16 dias depois me enviou um novinho , sem ter que discutir! Essa é minha opnião, respeito a dos outros, também já estive nelas.

The Dude!


Baseado em trabalho para faculdade FEAD BH em relação a tributação. Série em 3 partes, abaixo link das primeiras partes.

Parte 1

Parte 2

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

11 comentários:

alersson disse...

ainda prefiro pirata.
o preço dos originais é impraticavel!

Dude Games disse...

Na verdade muitas pessoas ainda preferem. Mas creio que isso irá mudar após a redução dos impostos, e com o incentivo fiscal mais empresas irão fabricarem jogos por aqui, reduzindo os valores. Sendo assim não vai existir a vantagem unica da pirataria, que são os valores.
Valeu.

Demetrius Castro Soares disse...

Tenho meu PS3 e não abro mão de meus jogos originais, posso desfrutar de recursos como jogar na internet tranquilo. Não sou o tipo de jogador que compra 300 jogos e não chega ao final de 15, como muitos gammer são. Vendi meu ps2 destravado com mais de 2 anos de uso com 35 jogos piratas, hoje tenho meu ps3 a pouco mais de um ano e tenho 24 jogos originais, e muitos jogos eu comprei usados ou e pacotes de promoção pela internet, tenho jogos que custaram R$269,00, assim como tenho jogos que paguei R$ 40,00(killzone 2) e R$60,00 (SSF4).

Dude Games disse...

@Demetrios Castro
Também concordo com o que você disse. Na epoca que tinha PS2 destravado eu tinha uns 70 jogos, não terminava nem 5%, para cada lançamento ia jogando, sai outro passava para outro...E jogar online cara é muito bom, to com Killzone 3 e passei ontem o dia todo jogando online para fazer uma analise. O preço do original ainda assusta algumas pessoas, mas isso irá mudar, nenhum mercado cresceu como os dos games e a tendência é essa.

elton disse...

Acho incrível isso "compra quem quer e quem pode, se não pode usa pirata"
me sinto humilhado com esses dizeres, até hj nao comprei um Playstation 3 por causa disso, não tem como pagar 200 reais em 1 jogo original, o video game ja custa 1500 reais em media... e mais 200 por jogo sem chance, tenho outras prioridades, e infelizmente Game, sera apenas uma lembrança da minha infância...
"Mas creio que isso irá mudar após a redução dos impostos"

Se Reduzirem, ja estou desacreditado desse governo...
se baixar talvez muita gente possa ter um PS3, mais por enquanto eu não posso

Dude Games disse...

@elton
A intenção jamais foi de humilhar. Mas veja bem,eu também não posso ficar comprando varios jogos de R$200,00 não tenho cacique para isso. Se não houver mudanças nas leis tributarias, o que vai ocorrer? Quero jogar,amo jogar, não posso porque os valores são absurdos? Por isso mesmo o titulo to post é A solução encontrada para o conforto dos brasileiros,ao invés de debatermos uma mudança significativa ( como no paraguai onde games são vendidos a $65 lançamentos), fica mais faci aderir a pirataria.
Capiche?
Abraço!

igor disse...

galera existe um desbloqueio pra ps3 que você mesmo pode fazer e depois só baixar os jogos da net... "kmeaw 3.55" procura no google

não é propaganda, o problema é que tem muita gente que opta por não comprar o console com medo dos preços dos jogos, isso é coisa do passado... o desbloqueio do playstation3 já superou o do wii e o do xbox360, inclusive está até emulando gameboy, psp, SNES, megadrive, etc...

abraço ai pra vocês e ótimo post.

jefferson disse...

Como o igor disse, PS3 esta 100% desbloqueado, agora mesmo estou baixando em torrent varios jogos para o meu, e convenhamos Xbox so chegou onde chegou pela pirataria, pois PS3 é superior no Hardware, Midia, Exclusivos dentre outros.

mirkon disse...

Cara, não existe "mercado nacional de games". Enquanto o Brasil cobrar impostos a nivel de jogos de azar (sim, os impostos cobrados nos jogos de video-game são os meus pra jogos de azar). Já ouviu falar do Dia do Jogo Justo? é sério, eu compro jogo pirata e se um dia o preço do jogo for JUSTO eu irei comprar com maior prazer jogo original, mas enquanto isso não acontecer eu não vou ser otário de comprar jogo original com impostos abusivos.

Dude Games disse...

@mirkon
Não somente ouvi sobre o jogo justo como tambem colaborei e participei aqui em BH. Mas vc conseguiu comprar? Porque muitos vieram reclamar que não conseguiram!

Programmer disse...

do que adianta o original se o melhor conteudo é pros piratas, tipow os mods do gta 4 só pega no gta crackiado e fala serio quem vai jogar sem os mods enb?? com o grafico serrilhado do gta 4 original, eu tenho o original pra xbox e vou vender, vender o xbox tbm e vou investir em um computador foda.

Postar um comentário